Fale com a Nutricionista

|||

como-usar-azeite-de-oliva

Nós já falamos em outro post sobre os benefícios do azeite de oliva, mas antes de sair enchendo a panela, o prato e o corpo de azeite, há otras cositas más que vocês precisa saber!

Uma colher de azeite tem cerca de 90 calorias. Certo, mas isso não é nada comparado ao que o bonitinho tem de bom! (E por acaso você ainda conta calorias? Que ano é hoje Brasil?!).

A outra coisa é que existem diferentes tipos de azeites com níveis de acidez diferentes. O melhor, mais puro, mais benéfico, mais maravilhoso e do bem é o AZEITE DE OLIVA EXTRA-VIRGEM, que por norma tem que ter obrigatoriamente menos de 0,8% de acidez. Mas eu recomendo com acidez abaixo de 0,5%. E quanto menor o nível de acidez, melhor ainda!

O azeite extra-virgem nunca, never ever, deve ser usado para frituras! Ele deve ser usado em saladas, molhos , para saltear e, em alguns casos, para cozinhar. Isso porque se o azeite extra-virgem for exposto a altas temperaturas, perde parte das suas melhores propriedades!

»Escreve aí no post-it mental: azeite extra-virgem, com acidez abaixo de 0,8% (para mim 0,5%!), em saladas, molhos e salteados, é tudo bom, é tudo de lindo. Só não exagere ;)

Há outros tipos de azeites que suportam melhor temperaturas mais altas, como os azeites puros, que têm acidez mais elevadas, acima de 3,0%. Mas ainda assim, cautela. A questão é que com a temperatura muito elevada, acima de 160º, o azeite começa a criar radicais livres e vai perdendo as características positivas…

Mas aí você me pergunta: Carol, então o que eu uso para fritar? A minha recomendação é sempre evitar frituras! Prefira assados, cozidos e grelhados!

» Outro post-it mental: quando for comprar azeite, observe atentamente o rótulo da embalagem, se na embalagem estiver escrito “extra-virgem” tem que ter menos de 0,8% de acidez. Se tiver 0,3% ou 0,2% é uma maravilha! Ah, e outra coisa: como a linda da @PatFeldman gosta de lembrar, a acidez não se nota no sabor.

MAIS UMA COISA MUITO IMPORTANTE: Cuidado para não levar gato por lebre! Recentemente, foi realizada uma pesquisa que descobriu vários azeites fakes e adulterados! Veja a lista das marcas de azeite que dizem ser extra-virgem e nem azeite são, e fuja delas!

Beijinhos,
Carol

Veja também » Manteiga ou margarina?

9 Comentários

  1. Amanda disse:

    Mas eu posso usar o azeite de oliva pra grelhar o frango no grill?

    • Carol Morais disse:

      Amanda, o azeite é uma opção super saudável. O azeite extra-virgem é muito melhor aproveitado se for usado em temperatura natural, mas pode sim ser usado para grelhar e saltear, apesar de que há outros azeites que são mais indicados para isso, porque dependendo do que você for cozinhar pode ser um pouco de desperdício usar um azeite de tão alta qualidade, como o extra-virgem, em temperaturas elevadas. O azeite extra-virgem é o que tem acidez mais baixa, menos de 0.8%, para mim o ideal é menos de 0,5%. Mas há outros azeites que tem tipo 1% ou 2% de acidez, que são saudáveis também, e que você pode usar sem culpa para cozinhar ;) Bjs

  2. eduardo r. disse:

    carol! o uso do azeite de oliva para fritura é recomendado sim, tá liberado, desde q observadas algumas dicas básicas, como a temperatura utilizada abaixo dos 180°c!
    novos estudos sobre o melhor e mais saboroso óleo vegetal do mundo comprovam isso e derrubam o mito de q ele não serviria para frituras (pra mim, nem precisava desses estudos…afinal, a dieta do mediterrâneo é uma das mais saudáveis do mundo e usa azeite de todas as formas possíveis: para grelhar, saltear, fritar ou apenas regar os alimentos no final do preparo dos pratos).
    claro q as propriedades do azeite extra-virgem são muuuuito mais nutritivas qdo usado cru e aí eu concordo contigo: tbm evito qualquer tipo de fritura em qualquer tipo de óleo, por questão de saúde e de economia tbm, no caso do azeite de oliva – imagina qto azeite caro precisa para encher uma frigideira?!? rs
    abç

    • Carol Morais disse:

      Olá, Eduardo! Sim, o azeite de oliva pode ser usado para fritura. Acontece é que o azeite tem diferentes níveis de acidez, inclusive cada um sendo indicado para determinado tipo de uso… Eu me refiro especificamente ao azeite extra-virgem, porque é quase um crime retirar os benefícios que o azeite, neste nível de acidez, oferece ;)

  3. Zaquiel Vettorello disse:

    Olá Carol!
    Nos comentários acima verifiquei que você não indica o azeite de oliva extravirgem para frituras, mas também indica outros tipos de azeite de oliva com acidez equivalente a 1%, 2% ou 3%. Então tive as seguintes dúvidas:
    * Posso usar azeite de oliva extravirgem em torno de 0,5% de acidez para cozinhar, por exemplo um arroz, saltear e outros pratos que não sejam frituras?
    * Existe outros tipos de azeites de oliva recomendados para cozinhar, quais os nomes e marcas?
    * O extravirgem se usado em altas temperaturas equivale-se, em propriedades, aos de acidez maior, como 2% ou 3%?
    Desde já agradeço a oportunidade.
    Zaquiel.

  4. samara paiva disse:

    como posso usar ,gosto de refogar com a verdura e a crane ou etc,e cozinhar pode ser assim.

  5. peter disse:

    Posso quardar o azeite extra virgem na geladeira? Pois a minha cidade é muito quente(as vezes chega a 40º), e fiquei na duvida se a temperatura ambiente nao iria faze-lo perder suas qualidades.

Deixe uma resposta


Política de Privacidade 2013 - Todos os direitos reservados © Fale com a nutricionista por Carol Morais